Endereço do ESPAÇO BIOPHYSIS

Rua Marquês de São Vicente, 90

salas 101 e 102b

Gávea | Rio de Janeiro | Brasil

CEP: 22451-040

Telefone: +55 (21) 2511 -7103

biophysis@espacobiophysis.com.br

Mapa

Produtos de ótima qualidade 

Todos os tratamentos estéticos são realizados com produtos de alta qualidade de marcas conceituadas e estabelecidas no mercado como DERMATUS, ADCOS e DEBONNE

Você também pode adquirir toda a linha de produtos no Espaço Biophysis por um preço especial.

 

 

 

Radiofrequência

A radiofrequência tornou-se um padrão de tratamento estético com muitas indicações devido à sua versatilidade, eficácia e segurança. O conceito básico desta técnica é a geração de calor no tecido subcutâneo, que induz a produção de novas fibras de colágeno e melhora o aspecto da pele. 

 

Indicações da radiofrequência:

- melhora da flacidez da pele;

- redução de rugas;

- tratamento de cicatriz de acne e estrias, dentre outros.

Como é feito o tratamento:

Sobre uma pele limpa é aplicado gel na área a ser tratada. Através dos aplicadores posicionados na pele, são realizados disparos de radiofrequência no local a ser tratado. A técnica não é invasiva e causa efeitos apenas na área de tratamento. O objetivo de cada sessão é elevar a temperatura da pele e do tecido subcutâneo até 42°C e mantê-la por um período de 3 a 5 minutos. Após o tratamento é retirado o gel da pele. O transdutor (ponteira) deve ser movimentado o tempo todo a fim de distribuir bem o calor por toda a pele. Durante o tratamento é medida a temperatura da pele diversas vezes para garantir que ela chegue a temperatura ideal. A radiofrequência pode ser realizada em todas as regiões do corpo e face, exceto região da tireóide.

 

Atuação na gordura localizada:

O calor profundo, proporcionado pela radiofrequência, atua na célula de gordura melhorando seu metabolismo, aumentando a oferta e a difusão de nutrientes, diminuíndo o estoque de energia (triglicérides) e contribuindo para a redução de seu volume.

 

Atuação no colágeno:

O aparelho de radiofrequência aquece o tecido através da corrente elétrica ou eletromagnética, promovendo um aumento da temperatura corporal local, o que gera a contração do colágeno e indução da neocolagênese.

 

Contraindicações:

Qualquer doença de pele na área tratada, uso de marca-passo, desfibrilador ou qualquer implante eletrônico contraindica o tratamento com radiofrequência. Coagulopatias, sangramento excessivo ou hematomas, histórico de trombose profunda e uso de medicamentos como anticoagulantes e corticóides de modo contínuo e uso de isotretinoína nos últimos seis meses também impedem o método. Pessoas com tumores malignos ativos ou recentes, doenças da tireóide descontrolada, qualquer histórico de doenças estimuladas pelo calor, como a herpes, no local a ser tratado, desordem endócrina, como diabetes e HIV, também não podem passar por sessões de radiofrequência.

O tratamento com radiofrequência não deve ser feito em regiões com implantes sintéticos.

Após aplicação de botox, é necessário aguardar pelo menos 15 dias, para fazer a radiofrequência. No que se refere a realização de preenchimentos permanentes ou semipermanentes, não se deve realizar a radiofrequência na área preenchida.

Após peeling profundo e procedimentos com laser é necessário esperar um mês após a realização desses tratamentos.

 

Grávida pode fazer?

Gestantes não podem fazer o tratamento com radiofrequência. Deve-se aguardar o período de 6 meses após o parto para realização de qualquer procedimento estético.

 

Resultados:

Os resultados da radiofrequência aparecem a partir da terceira sessão, dependendo de vários fatores, como idade, local de aplicação, grau de flacidez, número de sessões e manutenção dos resultados obtidos.

 

 

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento do profissional especializado."