Lipocavitação

A lipocavitação é um tratamento estético que utiliza o ultrassom de baixa frequência para reduzir a gordura localizada em qualquer área do corpo que tenha acúmulo de gordura.

O ultrassom é emitido por uma máquina e repassado à área de tratamento através de um cabeçote, a extremidade deste aparelho. A energia ultrassônica emitida penetra até a gordura subcutânea, gerando pequenas bolhas dentro das células de gordura - os adipócitos. Essas bolhas aumentam progressivamente em número e causam agitação no interior da célula e levam ao seu rompimento. A gordura, se divide em ácido graxo e glicerol: o ácido graxo se liga à uma substância chamada albumina e é eliminada pelo fígado, o glicerol é solúvel em água e, por isso, é eliminado pelos vasos linfáticos e urina.

Indicações da lipocavitação:

Este tratamento está indicado, principalmente, para casos de gordura localizada. Vale resaltar que essa técnica é contraindicada em pessoas que apresentam sobrepeso ou obesidade.

 

Contraindicações:

É mito que a lipocavitação aumenta o colesterol, uma vez que libera gordura. "A quantidade de gordura eliminada é muito pequena para causar danos aos órgãos", explica o dermatologista Alexandre Filippo. No entanto, se o paciente já tiver gordura no fígado (esteatose hepática) ou colesterol elevado este procedimento estético deve ser evitado. Gestantes também devem evitar o tratamento. Indivíduos com histórico de tumor ou câncer também devem evitar o tratamento.

 

 

 

 

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento do profissional especializado."

Espaço Biophysis

Como chegar